Ninhos e meias

Estes ninhos, além de úteis para as tricotadeiras de meias, são de costura fácil, deliciosa e um rico aproveitamento de retalhos. Agora que já me habituei ao alicate... não quero outra coisa, rs... :)
O tutorial está aqui!

Sem pio...

Antes de mais, aproveito a oportunidade para agradecer todas as palavras carinhosas que aqui me têm deixado. Realço o carinho e o apreço que tenho por cada uma de vós que gasta um pouco do seu precioso tempo para me dar um recado embrulhado num grande sorriso. Bem hajam, suas lindas! :)

Hoje, quero partilhar uma má experiência que pode ajudar alguém a não cair no mesmo erro... e, se tiverem a paciência de me acompanhar, o final pode ser compensador. :)

Com o bordado que se segue, peep, em português, pio, tinha pensado fazer uma toalha pequena, para a mesa da cozinha. 

Saco de compras

Pediram-me um saco de compras... e eu deitei mãos aos retalhos. :)
Embora parecidos, frente e verso são diferentes (notem a fita grega), sendo que gastei uma boa parte dos restos que ainda enchem a caixa dos meus tesouros.
A dona diz que ficou muito bom, num tamanho ótimo para compras diárias. Enquanto passeia por terras serranas, eu mato saudades contemplando as fotos... ;)

Na Serra da Maunça

Hoje, resolvi subir à serra mais próxima para vos mostrar as vistas sobre a cidade de Leiria... não foi nada, foi para mostrar o xaile lilás que pedia fotos generosas. :)
Na Serra da Maunça, além da capelinha da Senhora do Monte há um parque de merendas e um miradouro onde vale a pena parar para respirar, fotografar, mirar, observar... usufruir da paisagem em redor. 
Estava muito vento, um vento fresco e eu, friorenta, só pensava: ainda bem que trouxe o xaile, rs! :)

Taleiguitos

Não costumo aceitar encomendas, mas se vierem de amigas, sejam elas da esfera real ou da esfera virtual, não vou dizer que não... :)
Foi assim que uma tricotadeira me pediu que lhe fizesse um taleigo pequeno e estruturado para trazer sempre à mão um único projeto, mais precisamente um par de meias. 
Em vez de um, fiz dois, já que sou amiga da tricotadeira encomendadeira e da respetiva mãe, também ela acérrima tricotadeira de meias. :):):)




O tecido da base são retalhos de umas calças velhas. Além do útil aproveitamento, pode ser o pormenor que faz a diferença, mesmo como eu gosto! ;)

Pontos curiosos

Apesar de não gostar de revelar trabalhos em andamento - para não vos fazer perder tempo - não posso deixar passar a oportunidade de vos mostrar o projeto que trago nas agulhas. 
Com um ponto de tricô simples, vistoso e prático - não enrola, nas bordas - iniciei, esta semana, uma "xarpa" à minha mãe. Pediu-me que fosse fechadinha, quente, confortável, numa cor discreta - cinza, azul, bordeaux, preto... nem pensar! - acrescentou. :)
Estou a usar fio Miltons, Winter, cor castanha nº 404 e agulhas nº 6. Para terem uma noção da cor, a última foto é a que mais se aproxima.